Os Nossos Amigos

terça-feira, julho 03, 2007

Factos sobre a amamentação!!!





No que pensamos quando nos falam de amamentação? Imediatamente na ligação mãe-filho. Na verdade, amamentar fortalece a ligação especial que existe entre mãe e filho. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o leite materno é o melhor alimento para a criança durante o primeiro ano de vida.


Quando o bebé nasce, o peito da mulher começa a fabricar colostro, um fluído espesso e amarelado. O colostro contém uma grande quantidade de glóbulos brancos e anticorpos, e é rico em Imunoglobina A ( IgA), que reveste os intestinos do bebé e que impede que os germes passem para o seu organismo.
Passados 3 ou 4 dias, a mulher começa a produzir leite materno.
Durante a gravidez e os primeiros dias pós parto, a quantidade do leite produzido é controlada pelas hormonas, mas depois de estabilizada é baseada na lei da oferta e da procura, ou seja, quanto mais o bebé mama, mais leite é produzido.
Os ingredientes do leite dependem da alimentação da mãe e dos nutrientes presentes na sua corrente sanguínea. Se esta não for apropriada, então as reservas no corpo da mãe serão utilizadas. A composição do leite varia de hora a hora, dependendo tanto da maneira como o bebé mama como da alimentação da mãe e do ambiente que a rodeia.
Amamentar é benéfico para a mãe e para o bebé.

Para o Bebé:

Bebés alimentados com leite materno têm um risco menor de sofrer do Síndroma de Morte Súbita.
As técnicas de sucção ajudam a desenvolver os dentes e outros órgãos necessários à fala.
O leite reduz o risco e protege de doenças como diabetes, gastroentrites, etc.
Em média, as crianças que foram amamentadas têm melhores resultados em testes de Q.I. que crianças que não o foram.

Na mãe:

São libertadas hormonas que a relaxam e que despertam o instinto maternal. Isto é muito importante, uma vez que cerca de 80% das mulheres sofre de depressão pós-parto.
É libertada oxitocina que provoca uma mais rápida contracção do útero e menor perda de sangue depois do parto.
Ajuda a mãe a recuperar a linha uma vez que a gordura é gasta na produção de leite.
Atrasa o aparecimento da menstruação e da fertilidade.
Reduz o risco de cancro dos ovários e da mama.


É importante que as mães tenham uma dieta saudável. Uma dieta rica em nutrientes e em calorias deve continuar depois da gravidez. Os peritos aconselham 1500-1800 calorias por dia. Uma mãe mal nutrida produz leite com um baixo nível de vitaminas. Embora nenhum alimento esteja contra indicado, se o bebé mostrar alguma sensibilidade a algum alimento, a mãe deve retirá-lo da sua dieta.
As mães que amamentam não devem fumar! Reduz a quantidade de leite e causa vómitos, diarreia e pulsação acelerada no bebé.
O consumo de álcool causa problemas no desenvolvimento motor da criança e no aumento de peso.
O consumo de cafeína também deve ser mantido sobre controlo, uma vez que em excesso também é prejudicial ao bebé.


É necessária alguma técnica para amamentar correctamente.
Comece por tocar com o mamilo na bochecha do bebé até que ele abra a boca e se vire na sua direcção. Deve empurrá-lo para dentro de modo a que o bebé abocanhe o mamilo e toda a auréola.
Existem várias posições:
Sentada: Sentada com as costas direitas.
Móvel: A mãe carrega o bebé num porta-bebés enquanto amamenta.
Deitada: É aconselhada para as refeições da noite ou para mães que fizeram cesariana.

Amamentar pode causar alguma dor nas mães de primeira viagem, mas não há motivo para preocupações. Normalmente está relacionada com uma técnica incorrecta.
Por vezes os canais por onde passa o leite podem ficar bloqueados provocando caroços no peito e mastites, que podem ser curados com massagens e encorajando o bebé a mamar do lado com problemas para manter essa mama o mais vazia possível até que o problema desapareça.

Autor: J. Foley

In Bebés.com

2 comentários:

Alex disse...

Olá... só mesmo para te deixar uma beijoca e agradecer por TUDO o que fazes por nós, nem imaginas. Acho que os Babyblogs só exsitem porque existe um BABYBLOG. Continuamos todas juntas nestas corridas malucas. Bjinhos

mama disse...

Olá queria agradecer por me ajudarem no inicio desta minha viagem por estas bandas. Espero ter um dia destes a minha barriga na contagem. Obrigado pelos post muito importantes para nós futuras mama ou mamas.