Os Nossos Amigos

segunda-feira, novembro 05, 2007

Fumar reduz hipóteses de gravidez



«Fumar reduz as hipóteses de um óvulo fecundado se fixar na parede do útero. A conclusão é de um estudo realizado por investigadores portugueses e espanhóis, liderado pelo investigador Sérgio Reis Soares, da Clínica IVI.

Mesmo que os óvulos sejam doados, o que aconteceu nos casos das mulheres que participaram no estudo, o sucesso da implantação no útero é condicionado pelo facto de a mãe fumar mais de dez cigarros por dia.O fumo torna o útero menos receptivo à implantação, afirmam os autores do estudo, divulgado na edição online do jornal especializado Human Reproduction.

«Independentemente dos efeitos que possa ter no próprio ovário, fumar afecta a receptividade do útero e este é um dado novo», afirma Sérgio Soares.Todas as mulheres que participaram no estudo são casadas com não-fumadores. 52,2% das mulheres que fumavam pouco ficaram grávidas na primeira tentativa, o que aconteceu apenas a 34,1% das mulheres que fumavam muito.

Um dado interessante é também o facto de, entre as mulheres fumavam mais e engravidaram, a taxa de gravidez múltipla foi de 60%, enquanto que entre as que fumavam menos foi de 31%. As razões que estão por trás desta diferença ainda não são completamente conhecidas.»

Fonte: Pais & Filhos

1 comentário:

Mamã trintona disse...

Na minha opinião, são apenas estudos. Não sei como chegam a essas conclusões.
Se tivesse lido este teu post antes de engravidar, talvez tivesse ficado apreensiva mas, agora, não acredito muito nisso pois sou fumadora e engravidei ao 2º. mês de tentativa.
Cerca de 2 meses antes de engravidar mudei de SGFiltro para SGLights e reduzi de cerca de 20 para cerca de 10 cigarros. Isto depois de já fumar há cerca de 20 anos.
Joquinhas
Sofia