Os Nossos Amigos

sábado, janeiro 22, 2005

Ácido Fólico e mal-formações congênitas

O Ácido Fólico pode ajudar a prevenir os defeitos de Tubo Neural.

Quais são os defeitos de Tubo Neural?
A cada ano, aproximadamente 2.500 bebês nascem com defeitos de tubo neural, nos Estados Unidos. Os defeitos de tubo neural são defeitos que ocorrem quando o tubo neural do embrião não se fecha adequadamente para formar a medula espinhal e o cérebro. Quando o tubo neural não está corretamente fechado no extremo superior, o resultado é anencefalia (sem cérebro) e morte certa em poucos dias; se o tubo neural está incorretamente fechado no extremo inferior, resulta em espinha bífida (espinha aberta), que é, paralisia da parte inferior do corpo e perda do controle das funções instestinais e da bexiga.

Quais as possibilidades que eu tenha um bebê com defeitos de tubo neural?
De cada 1.000 bebês nascidos nos Estados Unidos, um nasce com defeito de tubo neural. As mulheres que já têm um filho afetado com defeito de tubo neural correm um risco 10 vezes maior de terem um outro filho com o mesmo problema.

Qual a relação entre o Ácido Fólico e os defeitos do tubo neural?
O consumo do ácido fólico, o qual é uma vitamina B, antes da concepção e durante o primeiro trimestre da gravidez, pode ajudar a previnir a ocorrência de defeitos no tubo neural. Todas as mulheres de idade fértil e que podem engravidar, devem tomar 0.4 mg de ácido fólico como prevenção.

O que causa os defeitos do tubo neural?
A causa dos defeitos do tubo neural não é completamente conhecida mas se considera que, pelo menos em parte, se deve a nutrição deficiente, genética ou ao uso de drogas. Certos medicamentos (como alguns usados para controlar convulções) podem também causar defeitos de tubo neural. Em 1995, um gene anormal foi descoberto, o qual produz mutações e empede que o tubo neural se feche normalmente. As crianças com defeitos de tubo neural estão propensas a levar este gene, o qual é responsável por cerca de 15% dos casos de defeitos do tubo neural.

Quais as fontes de ácido fólico?
O ácido fólico é uma vitamina B que se encontra em vegetais de folhas verdes, feijão, vágens, fava, brócolis e espinafre, gema de ovo, germe de trigo, carnes magras, fígado, peixe e em suco de frutas cítricas como a laranja e limão. Alguns cereais são fortificados com ácido fólico. Algumas vitaminas também contém a quantidade de 0.4 mg de ácido fólico. Estatísticas mostram que mais que 90% das mulheres não recebem essa quantidade de ácido fólico diariamente. As razões são muitas, inclusive o esquecimento, a falta de informação quanto à necessidade e importância do ácido fólico e razões financeiras contribuem para as estatísticas.

Porque se deve tomar ácido fólico antes de engravidar?
O tubo neural se converte em medula espinhal e cérebro entre os dias 18 à 26 de gestação. Muitas mulheres, durante esse período ainda nem sabem que estão grávidas ou não têm certeza. Por isso é importante que a mulher fértil sempre tome o ácido fólico comece pelo menos um mês antes de engravidar. Nos Estados Unidos, aproximadamente 50% das mulheres que engravidam, não planejaram com antecipação. Entre as jovens, esse número chega à 95%. Entre as mulheres acima de 40 anos esse número é de 75%. Se somente as mulheres que estão planejando engravidar, tomarem ácido fólico, a metade da população está então desprotegida.

Há outros benefícios oferecidos pelo ácido fólico?
Sim. O consumo suficiente de ácido fólico pode aminorar os riscos de doenças cardíacas.

Informação retirada do Site e-familynet

Sem comentários: