Os Nossos Amigos

segunda-feira, novembro 26, 2007

O seu filho é vegetariano?


Ser vegetariano começa a ser cada vez mais frequente. Por razões culturais ou religiosas, por preocupações ambientais, ou mesmo por questões relacionadas com a saúde.

Até há algum tempo, os pais reservavam para si a opção alimentar e deixavam que o seu filho ou filha escolhesse a sua quando atingisse a idade adulta ou, pelo menos, a adolescência.

Hoje em dia, são cada vez mais os pais que decidem, desde o nascimento, que o seu filho ou filha vai ser vegetariano e pretendem que o médico assistente os oriente em relação às práticas alimentares vegetarianas adaptadas à idade infantil. É sobre este tema que vamos conversar hoje.

O que significa ser vegetariano?
Ser vegetariano significa que se exclui da alimentação produtos de origem animal, como a carne. Mas existem diferentes graus de alimentação vegetariana. Na maioria dos casos, a dieta vegetariana inclui alguns produtos de origem animal, como o leite e derivados, ou os ovos.

Desta forma, podemos falar de dietas lacto-vegetarianas, ovo-vegetarianas ou lacto-ovo-vegetarianas, consoante o leite, o ovo ou ambos, fazem parte da alimentação diária. Apenas em alguns casos, mais fundamentalistas, a dieta é exclusivamente de origem vegetal, sem ingestão de qualquer produto de origem animal, incluindo o leite ou os ovos: são os vegetarianos puros.

Quais as possíveis vantagens de ser vegetariano?
A dieta vegetariana, em relação à alimentação mais convencional, é mais rica em frutas, legumes e fibras e mais pobre em gordura e colesterol. Nos diversos estudos já efectuados, as pessoas vegetarianas têm níveis mais baixos de colesterol no sangue, o que constitui um factor protector para as doenças cardíacas, aterosclerose ou hipertensão.

O principal motivo para a escolha de uma dieta vegetariana são as preocupações com a saúde, pois nesta dieta são ingeridos em menor quantidade uma série de conservantes, aditivos e pesticidas. Da mesma forma, são diminuídos os riscos de doenças que podem ser transmitidas pela carne, com redução do risco de intoxicação alimentar.

Uma dieta vegetariana, no entanto, não garante, só por si, uma alimentação saudável. Muitos vegetarianos excluem da sua alimentação os produtos animais, mas mantêm o consumo de batatas fritas, bebidas gaseificadas, ou doces em demasia...

Quais os potenciais riscos da dieta vegetariana?
Tudo depende do tipo de dieta. Se a dieta contiver leite e ovo, não existirá qualquer problema e a criança vai crescer e desenvolver-se como qualquer outra. Os casos problemáticos são aqueles em que os pais não pretendem dar à criança leite de vaca nem ovos, pois estes são as fontes principais de algumas vitaminas essenciais, como a vitamina B12 ou a vitamina D, que não existem numa dieta vegetariana pura.

Outras substâncias essenciais que podem faltar numa dieta vegetariana pura são o ferro, o cálcio e o zinco. Se esta dieta é para manter, estas substâncias devem ser adicionadas sob a forma de suplemento vitamínico, pois sem elas a criança não tem uma alimentação saudável.
Vamos ver em maior detalhe algumas destas substâncias

Por que é necessária a Vitamina B12?
Esta vitamina é essencial para o desenvolvimento do cérebro, crescimento do corpo e produção dos glóbulos vermelhos do sangue. Sem ela, a criança fica apática e irritável, com atraso no desenvolvimento intelectual e motor, cresce menos do que poderia e pode vir a sofrer de uma anemia grave. Muitas destas alterações podem ser permanentes se não forem detectadas e tratadas a tempo.

A vitamina B12 existe, naturalmente, nos produtos de origem animal, como o leite e o ovo. Alguns produtos vegetais podem conter vitamina B12, mas numa quantidade muito pequena e numa forma inactiva, que não previne a sua ausência. São exemplos os cereais, o pão e a soja.
Uma criança vegetariana pode consumir vitamina B12 através do leite de vaca e do ovo. Se não ingere estes alimentos, deve ingerir leite de soja ou cereais com suplemento desta vitamina ou mesmo um suplemento vitamínico sob a forma de gotas ou xarope.

Por que é necessária a Vitamina D?
A vitamina D é essencial ao crescimento e fortalecimento dos ossos. É produzida na pele de todas as crianças quando exposta ao sol, mas a quantidade é insuficiente durante os meses de Inverno. Nas crianças com pouca vitamina D, os ossos crescem pouco e ficam deformados, uma doença chamada raquitismo.

A vitamina D existe no leite de vaca e nos ovos. Existe igualmente no leite de soja ou nos cereais suplementados com esta vitamina.

Qual a importância do Ferro?
O ferro é um dos nutrientes mais importantes da dieta de uma criança. São imensas as suas necessidades num corpo em crescimento, como o desenvolvimento do cérebro ou a produção dos glóbulos vermelhos do sangue.

A falta de ferro é actualmente a principal causa de anemia nas crianças, vegetarianas ou não. Sem ferro, a criança fica pálida e não consegue raciocinar como deve, tornando-se apática e desinteressada de tudo o que a rodeia.

O ferro existe principalmente na carne, no leite e nos ovos. Mas, felizmente, muitos outros nutrientes habitualmente presentes numa dieta vegetariana também contêm ferro. É o caso dos cereais, do leite de soja, do tofu, dos legumes, das frutas, do pão ou das massas.

É importante que os pais saibam que alguns alimentos, mesmo não contendo ferro, podem aumentar ou diminuir a sua absorção no intestino. Como exemplos temos os sumos de frutas (que aumentam) e o chá (que diminui), pelo que a alimentação das crianças, para além de alimentos com ferro, deve ter em conta estes outros factores.

Para que serve o Cálcio?
Tal como a vitamina D, também o cálcio é fundamental para o crescimento e fortalecimento dos ossos. Sem cálcio na alimentação, o esqueleto da criança não se consegue desenvolver normalmente.

A principal fonte de cálcio na alimentação é o leite de vaca e o ovo. Mas outros alimentos possuem também cálcio, como os cereais, leite de soja, tofu, sumo de laranja ou vegetais, como os bróculos.

Que falta faz o Zinco?
Pode parecer estranho, mas o zinco é necessário em quantidades mínimas para que possa ocorrer um crescimento e desenvolvimento saudável de uma criança.

Nas dietas vegetarianas, se existir diversidade na escolha dos alimentos, habitualmente o zinco não é problema pois existe na soja, tofu, legumes e cereais.

Como saber se está tudo bem com a sua criança vegetariana?
Como perceberam, se o leite e o ovo entrarem na dieta (lacto-vegetariana ou ovo-vegetariana) não existe habitualmente qualquer problema. Se aqueles alimentos estiverem também excluídos da alimentação, os cuidados devem ser redobrados.

Alguns nutrientes essenciais como as vitamina D e B12 e alguns elementos como o cálcio, ferro e zinco encontram-se principalmente no leite e derivados. Alguns alimentos de origem vegetal também os contêm e devem fazer parte obrigatoriamente da dieta destas crianças.

Actualmente, o leite de soja e os cereais que se vendem nos supermercados são enriquecidos com estas vitaminas e elementos, pelo que a sua ingestão pode prevenir uma eventual deficiência. De qualquer forma, é importante que os pais estejam conscientes desta realidade e sintam a necessidade de vigiar cuidadosamente a dieta dos seus filhos quando o regime é vegetariano puro.

Uma mãe vegetariana pode dar de mamar?
O leite materno é sempre a melhor opção para uma criança, independentemente do regime alimentar da mãe. Também aqui, se a mãe inclui na sua alimentação o leite de vaca e o ovo, o seu leite será nutricionalmente rico.

Se, pelo contrário, a mãe seguir um regime vegetariano muito rígido, deverá manter a amamentação, mas ter o cuidado de tomar um suplemento vitamínico que lhe forneça os nutrientes que poderão fazer falta ao bebé, nomeadamente o cálcio, ferro, zinco, vitamina D e vitamina B12.

Fonte: Pais & Filhos

2 comentários:

Mara disse...

Parabéns pelo artigo! Gostei de ler!
Beijinhos

Cláudia disse...

Olá...

Depois de ter lido os posts em atraso surgiu-me uma dúvida (não está relacionada mas pronto!)...
Será obrigatório dar chucha aos bebés recém-nascidos?
Quais as melhores chuchas? Redondas ou espalmadas. De silicone ou de borracha?

Bjs grandes