Os Nossos Amigos

domingo, dezembro 16, 2007

Testemunho da Camy

Tudo começou no ano de 2005.
Fui á minha ginecologista, que me disse para fazermos umas análises gerais. Quando recebemos o resultado estava tudo bem então parei de tomar a pilula. Contudo, não queria ficar logo grávida porque como estava a fazer um tratamento de emagracimento e como nunca tinha parado com a pilula (tomava desde os meus 15 anos) fui aconselhada a esperar pelo menos 4 meses para que o meu corpo libertasse todos os quimicos da medicação, principalmente os do emagrecimento. Como já estavamos no fim do mês de Abril de 2005 os 4 meses iriam coincidir com a nossa viagem para o Brasil, em Agosto. Adiamos para Setembro.
Desde que deixei a pilula, o Mr. Red foi sempre muito pontual de 28 em 28 dias lá batia á porta.

E assim, quando regressamos da viagem comecei a fazer contas ao perido fertil, pensando que iria ser facil. No mês de Outubro de 2005 quando chegou o dia do Mr. Red aparecer, estes não veio, comecei logo a pensar que estava grávida e falei com a minha médica que trabalha na mesma clinica que eu. Para ficarmos logo a saber mandou-me fazer um teste ao sangue, o como ela já tinha previsto deu negativo. E assim, foi passados 2 dias ele visitou-me. No mês de Novembro de 2005 tornou a atrasar-se 2 dias e assim começou a aparecer de 30 em 30 dias, sem nunca mais se atrasar.

Os meses foram passando e nada acontecia, então falei com a minha médica que me receitou Dufine. ( uma das minhas preocupações foi a gravidez gemelar, visto eu ter muitas probabilidades, porque as minha avós são gemeas, mas não são irmãs. Ora vejam genes pelo lado do pai e pelo lado da mãe.) Tomei durante dois meses e nada. Até que em Junho de 2006 o C. decidiu ir ao médico de familia pedir as credenciais para fazer analises e pediu para lhe passar um espermograma.

O C. foi fazer num laboratório normal e passado uma semana quando foi buscar o resultado disseram-lhe que os exames estavam prontos menos o espermograma e que o médico do laboratório queria falar com ele. Comecei a pensar o pior. O médico disse-lhe "Sr. C. vamos repetir o espermograma porque tenho algumas dúvidas" e assim foi. No inicio de Julho de 2006 quando foi buscar o resultado o sr. Doutor disse "C. com o avanço da medicina reprodutiva o seu problema facilmente será resolvido, não se preocupe." Bom, quando chegou a casa abri o envelope e vi que a contagem era muito inferior aos valores de referência (60 - 120 milhões/ml) e ele só tinha 7 milhões. Liguei logo para a minha médica que me disse que teria de mudar de ginecologista e assim fui parar ao Dr. P. Ele mandou repetir o espermograma num laboratório da confiança dele e o resultado ainda foi pior (4 milhões/ml), mas a vitalidade era de 72%, ou seja eram poucos mas não eram preguiçosos.


O Dr. P disse-nos que as probabilidades de engravidar sem nenhum ttt era de 3%, o que nos arrasou. Como em Agosto iamos de férias para Cuba (paradisiaco), e como só fazia um ano que estavamos a tentar em Setembro de 2006, pediu-nos para voltar nessa altura.


Na consulta em setembro mandou-nos fazer imensos exames (Cariótipo, analises gerais, histeroscopia, progesterona do 3º e do 21º dias) e graças a Deus tudo estava bem, ao C pediu para fazer uma ecografia escrotal e testicular, que não revelaram nada. Fomos aconselhados pelo Dr.P a consultar um urologista e estes mandou-nos fazer um Eco-doppler escrotal, e aqui descobrimos (achavamos nós ) a origem do problema - Varicocelo testicular (veias dilatadas nos testiculas mas não visiveis), então como provavelmente iria ser operado fomos para outro Urologista que nos disse que este varicocelo não era a causa da infertilidade e que não deviamos de operar, que muitos homens têm e só descobrimos porque fizemos a eco.


E assim já estavamos no fim do mês de Outubro e o Dr. P disse-nos para esperarmos mais 2 meses e começar o ttt em janeiro.


Em Janeiro de 2007 quando o Mr. Red chegou (3 dias mais cedo), fui á consulta e comecei a tomar Acfol e as picas de Gonal F 900, para além destas injecções também fiz Cetrotide a Pregnyl e o Utrogestan. Os meus ovários reagiram bem, a punção foi marcada para dia 7 de Fevereiro de 2007 onde foram colhidos 5 ovocitos dos quais resultaram 4 embriões. A transferência foi feita a 10 de Fevereiro com 2 embriôes nas fases 7B; 8B.


No dia 22 de Fevereiro o mundo rui. Estava com muito medo, pois durante o repouso tinha uma tensão mamária diferente do costume e algumas dores, tendo associado estes sintomas a uma possível gravidez.


Quando abri o envelope não queria acreditar, as lágriams corriam pelo meu rosto sem parar, fiquei desolada. Telefonei ao C. que ficou também de rastos e depois foi a vez dos meus pais. ( as únicas pessoas que sabem são os meus pais, a minha irmã, uma amiga enfermeira e uma funcionária da clinica onde eu o Dr. P trabalhamos).
Em Maio 2007 decicimos fazer outro tratamento, quando o periodo veio no final do mês iniciamos mais uma batalha que teve um desfecho muito bonito. A 25 de Junho fiz a beta-hcg que deu um grande positivo, finalmente tinha vencido a batalha mas a guerra ainda não.
Fiz uma ecografia ás 6 semanas, em que se viu que havia saco e embrião, como ainda era muito cedo não conseguimos ouvir o coração, mas dava para ver a bater, foi muito emocionante, chorei de alegria.
Contudo, a 25 de Julho um mês depois do positivo fiz uma nova ecografia, e nessa fiquei a saber que estava com um embrião desvitalizado, o coração do bebé tinha deixado de bater e tinha um aborto retido.
Fui internada 2 dias depois na Ordem do Carmo, para fazer a curetagem, fui muito bem atendida e todos muito atenciosos.
Como o embrião foi analisado ficamos a saber que era uma menina e que era portadora de trissomia 16, que não é compativel com a vida.
Agora, estamos em fase de repouso, já sabemos que que a nossa vez no hospital será em Abril, contudo ainda não decidimos se vamos fazer uma 3ª ICSI no Centro Genético Alberto Barros.
Tenho muito medo que tudo volte a acontecer, agora decidimos esperar.
Pode ser que aconteça um milagre, afinal estamos no Natal

Aos casais que sofrem de infertilidade, deixo aqui umas palavras:

" HAVEMOS DE CONSEGUIR" e eu penso que "DEUS VAI-NOS COMPENSAR POR TANTO SOFRIMENTO".

Beijos

Camy

Cara amiga, seria uma injustiça muito grande não conseguires o teu filho, aliás, não conseguir-mos todas. Muito boa sorte.

8 comentários:

PM disse...

Querida Camy, antes de mais, muito obrigada por este teu testemunho... impossivel não chorar com ele!!!
Acrdita sempre, vocês mais cedo ou mais tarde vao receber o vosso tao desejado positivo!!!!
E quem sabe se a 3ª não é de vez?!!!
Muita força e muita coragem!!!!
Beijocas ENORMES

Liliana disse...

Camy, fiquei muito sentida com o teu testemunho e acho que ninguém fica indiferente á vossa luta...
Por mim tnes a minha força toda, porque acho que mereces tudo de bom, que é um filho..
Nunca desistas do teu sonho e luta até ao fim, mesmo que um dia as forças comecem a falhar, o que não vai acontecer...
Estaremos por aqui a seguir-te e á espera do vosso positivo...

Mil beijocas e muita força, vai ser desta linda...

Liliana e pequeno Rodrigo (www.onossopilitas.blogspot.com)

Mãe da Tiz disse...

Acredito que sim, Deus vai compensar-vos! aguardo pelo teu positivo, não vai faltar muito!

beijocas

Camy disse...

Vim agradecer os comentários, é sempre bom le-los, da-nos força para seguir em frente.
Também queria aproveitar para corrigir uma coisa, eu não fui internada na ordem do carmo, mas sim na ordem da Lapa, talvez por pertencer a irmãs carmelitas (caho eu) confundi o nome.

Beijos

Camy

Sandra e Amaro disse...

Este restemunho realmente comove qualquer um, e com certeza esse vosso amor e esforços vão dar origem a um bébe lindo!!!!!!!

Força e obrigada por partilhares esse lindo testemunho!!!!!!

Cláudia disse...

Vim deixar um beijinho grande. Já dei uma vista de olhos no teu blog. Comecei por ler este testemunho mas não quis ler mais. Já tenho chorado o sufuciente comtudo o que nos tem acontecido desde que o Tiago partiu uma perna em Agosto.
Agora ele tem estado mal...

Isto parece o Natal dos Hospitais aqui em casa...

Bjs GRANDES

Sofia Caeiro disse...

És uma mulher de coragem!
Váis ver q a tua estrelinha vai brilhar em breve...eu acredito que sim ;)
Um beijinho muito muito grande!

melobabyIV disse...

vai td correr bem e nunca desistam,prq só quem um dia tentou pode dizer que nao consegui...e eu rezo para que voces consigam...
um abraço muito forte...